O seu estilo de vida é inimigo da sua pele?

Muitas vezes a gente nem percebe, mas pequenos hábitos do dia a dia, que compõem o nosso estilo de vida, podem ser inimigos ou amigos da saúde da nossa pele. É interessante observar que muitas pessoas ainda questionam sobre o porquê de se ter um estilo de vida saudável. Parece óbvio que esta prática é importante e só nos traz vantagens. Mas, se ainda existem dúvidas, vou listar aqui alguns pontos fundamentais para você embarcar de vez nesta missão. 

Uma vida com mais saúde é uma vida em equilíbrio e harmonia. E isso se reflete na beleza dos cabelos, da pele e no funcionamento de nossos órgãos. Aposte em uma vida mais saudável e depois conta pra gente sobre as mudanças que você experimentou.

Corpo em forma e a mente alerta. Esse é um princípio da meditação, e que ajuda a nos proteger de doenças, e ajuda a impedir que as doenças crônicas piorem. Isto porque na medida que o corpo envelhece, começa-se a notar alterações nos músculos e nas articulações e um declínio na sensação de "força" física. Um estilo de vida saudável inclui a saúde preventiva, boa nutrição e controle do peso, exercícios regulares, e evitar substâncias nocivas ao organismo.

A vida deve ser leve e, quanto mais jovem você adotar esses hábitos, melhor. 

A obesidade, por exemplo, já é considerada uma pandemia, e ela impulsiona a mortalidade por conta de: pressão alta, doenças cardíacas, derrame cerebral, diabetes e certos tipos de câncer. Para evitar a obesidade, prefira refeições balanceadas, pobres em gorduras, e com muitas fibras todos os dias. 

Todas as vezes que você come mais do que o necessário, o seu corpo irá guardar o excesso em forma de gordura. Uma boa dieta é essencial não só para combater as doenças cardiovasculares, mas pode ainda diminuir o risco de vários tipos de câncer. Experimente comer uma grande variedade de frutas, vegetais, grãos integrais, feijões e legumes.

Tente incluir na sua rotina, uma atividade física regular e limite as bebidas alcoólicas ou tente simplesmente evitar durante a semana. Se você sentir necessidade, consulte seu médico para uma orientação específica no seu caso. Fumar e beber muito são fatores importantes para o surgimento de doenças dos pulmões, coração e circulação, câncer, acidentes automobilísticos, e acidentes domésticos. As drogas são capazes de levar a dependências que podem acabar por levar à deterioração física e mental da pessoa. Sem falar na desidratação de sua pele que ficará sempre ressecada, sensível e com provável surgimento de manchas.

Atividade Física

Este tópico merece um parágrafo só seu. O organismo necessita de atividade física regular (mas não extenuante). Não existe sentido em fazer um exercício exagerado e ter como consequência dores lombares ou uma lesão no joelho. Para iniciar sua atividade com mais segurança, consulte um médico e/ou um professor de educação física. Escolha as atividades que você realmente goste. Selecione horários e opções compatíveis com seu estilo de vida. Incorpore a atividade física ao seu dia a dia: ande mais a pé, suba mais escadas, pratique mais esportes.

Mas, não esqueça do seu cérebro. Mantenha-o ativo tanto quanto seu corpo. Atividades que envolvam a ajuda às pessoas (trabalho social) pode dar sentido à vida, e ajudar a preencher a solidão e a combater a depressão.